sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Carnaval e Infância


Clube Petropolitano. Um lugar mágico, em que passei todos os carnavais da minha infância. Lá aprendi a gostar de marchinhas, a ver os meninos com outros olhos. A jogar serpentina, confete e receber água das ingênuas garrafinhas de lance-perfume jogadas pela meninada dentro do carro. Tínhamos que fechar a janela para não sermos atingidos. Uma grande curtição.

As fantasias que usei eram incríveis: cigana, odalisca, viúva Porcina, empregada...qualquer tema era válido se garantisse a diversão.
Era apenas uma criança que participava das matinês.

Depois, na pré-adolescência, participava dos bailes noturnos, que acabavam meia-noite. Uau! Mas mudada: agora maquiada e com roupitchas da moda. Me lembro da minha prima, Verinha, ainda menor de 12 anos, colocando batom vermelho e roupa de mais "adulta" para confundir os seguranças e conseguir entrar e curtir com a gente. Me lembro do meu primo saudoso e que virou uma estrelinha muito especial lá no céu, João, a quem guardava uma paixão secreta, indo ao baile e sem nem notar que eu existia. Não tinha problema, a sua presença já acalentava meu coração de menina que estava começando a aprender sobre a paixão.

Foram anos especiais na minha vida. Inesquecíveis. Com a minha família, primas e primos muito queridos. Quantas carnavais gostosos! Quantos momentos maravilhoso!

É por isso que Carnaval para mim tem um sabor especial, tem gosto de fantasias, descobertas, amadurecimento, tem gosto de medo dos trovões de Petrópolis, de colo de pais, de afago de irmão, de tio saudoso e querido, meu dindo que já se foi. De brincadeira de criança, de novos amigos, tem gosto de energia boa. De Colombina em busca do seu Arlequim, ou Pierrot. Tem gosto de infância.

2 comentários:

vera disse...

Priminha,
AMEI O BLOG!!!!!!! Não conhecia!!! Que texto é esse??? Que delícia viajar no tempo, tantas lembranças boas...estão marcadas pra sempre nos nossos corações.
Minha participação especial tá ótima, lembro de colocar a blusa mais decotada que tinha para parecer que eu tinha peito, peito??? 12 anos??? hahahhaha! Muito bom!!!
Saudades suas!
Te amo muito!!!
bjsss

Fabiana Guaranho disse...

Se vc é Amigo do Rio entre nesta campanha, AMIGOS DO RIO.
Copie e cole do meu blog.
Sem fins lucrativos, somente para aumentar a corrente pelo RIo.
Obrigada